terça-feira, 22 de maio de 2018

Com ajuste fiscal, Brasil pode ter 20 mil mortes a mais de crianças até 2030



Um estudo que envolveu pesquisadores brasileiros e ingleses projeta que se persistirem as atuais medidas de austeridade fiscal o Brasil poderá ter 20 mil mortes a mais de crianças até 2030.
O aumento seria em razão do corte de verbas nos programas sociais, como o Bolsa Família e o ESF (Estratégia de Programa da Família).  O primeiro beneficia 21% da população brasileira e o segundo, 65%.
A pesquisa publicada nesta terça, 22, na Revista Internacional Plos medicine, utiliza modelos matemáticos e estatísticos para medir o efeito da crise econômica e o impacto do corte de verbas na saúde infantil em todos os 5.507 municípios brasileiros para o período 2017-2030.
Segundo a pesquisa, se mantidos os atuais níveis de proteção social, as mortes poderiam ser reduzidas 8,6% (cerca de 20 mil a menos). Também poderiam ser evitadas até 124 mil hospitalizações por causas como desnutrição e diarreias.  Foi constatado que os municípios mais pobres do País seriam os mais afetados.

Share:

0 Comments:

Postar um comentário

Os comentários são moderados. A administração do blog não publicará comentários ofensivos, depreciativos, apológicos e nem conteúdo racista.

Tecnologia do Blogger.

Dengue mata

Dengue mata

Notícias em destaque

População de Macarani conta com saúde de excelência