sábado, 4 de agosto de 2018

Intermunicipal 2018: seleção de Macarani cai no grupo da morte e estreia fora de casa contra Eunápolis



A Federação Bahiana de Futebol realizou na manhã deste Sábado, 4, o sorteio dos grupos do campeonato intermunicipal de futebol amador 2018. Macarani ficou no grupo 15 e enfrentará, logo na primeira fase, Itapetinga, Pau Brasil e Eunápolis, seleções já consagradas na competição.
Esse grupo é considerado da morte. Passar por ele, exigirá do selecionado macaraniense um futebol acima de qualquer expectativa. Enquanto a seleção de Macarani, com raras exceções, competirá com atletas formados em sua própria base, suas concorrentes têm estrutura de time profissional, com folha salarial superior a R$ 50 mil (cinquenta mil reais) mensal.
O primeiro jogo será dia 12, fora de casa, contra Eunápolis, às 10h, no estádio José Araújo (Araujão). Na outra partida do grupo15, Itapetinga vai à Pau Brasil enfrentar o time da casa, às 15h.
Como sempre, a Federação Bahiana de Futebol se posiciona de forma incoerente em relação a algumas seleções, cujos representantes não fazem o lobby necessário em defesa dos interesses de seus times. Apesar de ser sorteio, a FBF ao relacionar as cidades sorteáveis para a primeira fase da competição, deveria levar em consideração a distância que as separa. Muitas dessas seleções não dispões de numerário suficiente para bancar uma logística dessa logo no início do campeonato.
Historicamente, as seleções vizinhas se confrontavam e só no afunilamento das fases que enfrentavam seleções distantes. Macarani poderia ter ficado no grupo de Itambé, Floresta Azul, Ibicaraí e a própria Itapetinga. Só resta ao torcedor apoiar a seleção e ficar na torcida para que aconteça no intermunicipal o mesmo que vimos na Copa do Mundo: as seleções favoritas caíram diante das que nada se esperava delas. É o que nos resta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são moderados. A administração do blog não publicará comentários ofensivos, depreciativos, apológicos e nem conteúdo racista.